Lewis Hamilton vai correr para o GP do Canadá e ‘não perderia por todo o mundo’ apesar da dor

By | Junho 13, 2022
Lewis Hamilton saiu cautelosamente do carro após a corrida e esfregou as costas

Lewis Hamilton diz que estará no Grande Prêmio do Canadá e que “não perderia por todo o mundo”, apesar de sentir dores na corrida de domingo em Baku.

O britânico disse estar “preocupado” com a próxima corrida em Montreal depois do que descreveu como “a corrida mais difícil” de sua carreira.

“Ontem foi difícil e tive problemas para dormir, mas hoje acordei com uma sensação positiva”, disse Hamilton.

“Minhas costas estão um pouco doloridas e machucadas, mas nada sério, felizmente.”

O heptacampeão mundial acrescentou em um post no Instagram: “Fiz acupuntura e fisioterapia e estou a caminho da minha equipe trabalhando com eles para melhorar.

“Temos que continuar lutando. Estarei lá neste fim de semana – também não sentiria falta disso no mundo.”

Saltar seu carro em alta velocidade significou que o Grande Prêmio do Azerbaijão, onde Hamilton terminou em quarto, foi a corrida “mais dolorosa” que ele experimentou.

Ele acrescentou que o carro saltou tanto no início da reta dos boxes de Baku que ele pensou que poderia colidir.

A Mercedes tem sido atormentada por saltos desde o início do ano, o que tem várias causas.

O chefe da equipe, Toto Wolff, disse que o piloto “definitivamente” suspeita do GP do Canadá após a corrida de domingo, mas Hamilton disse a seus fãs no domingo que os veria na próxima semana.

Imagem de banner lendo ao redor da BBC - azulBase - azul

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.